“No Brasil não existe racismo” afirmou Mourão

Hamilton Mourão, vice-presidente do Brasil, lamentou a violência sofrida por homem negro que levou à morte por seguranças de um supermercado Carrefour em Porto Alegre, mas disse não considerar que o episódio tenha sido provocado por racismo.

Ao comentar o fato, filmado e divulgado desde o fim da noite de quinta, Mourão afirmou que a equipe de segurança do estabelecimento estava “totalmente despreparada”, mas disse que não existe racismo no Brasil.

O vice fez estas declarações hoje (20), dia da Consciência Negra, e em meio a forte comoção após a morte de João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos que foi espancado por dois seguranças de uma loja do supermercado Carrefour localizada no bairro Passo d´Areia, na zona norte de Porto Alegre.

“Lamentável isso aí. A princípio é a segurança totalmente despreparada para a atividade que tem que fazer”, disse o vice, ao chegar em seu gabinete no Palácio do Planalto, em Brasília.

Questionado se considerava que o episódio mostrava um problema de racismo no Brasil, Mourão respondeu: “Não, para mim no Brasil não existe racismo. Isso é uma coisa que querem importar, isso não existe aqui. Eu digo pra você com toda tranquilidade, não tem racismo”.

Jornalistas questionaram novamente se ele não enxergava um componente racial no episódio. Ele reiterou que não considerava um caso de racismo.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

novembro 2020
S T Q Q S S D
« out    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

PREVISÃO DO TEMPO

Publicidade: